Cameras e alarmes

Porque instalar câmeras de segurança?

Segurança é algo fundamental para toda empresa, afinal de contas ser lucrativo passa por proteger sua estrutura, dependências, funcionários e estoque.

Os atuais sistemas de segurança eletrônica estão cada vez mais avançados incorporando funções de inteligência artificial, sendo muito mais eficientes e trazendo muito mais benefícios que sistemas mais antigos e desatualizados.

Sistemas de câmeras de segurança atuais podem contar com recursos de inteligência que permitem alerta antecipado de eventos, aviso remoto de aproximação de pessoas em áreas restritas, reconhecimento facial, reconhecimento e registro de placas de automóveis dentre muitas outras funções.

O avanço recente da tecnologia em CFTV elevou as funcionalidades de uma câmera de segurança a patamares inimagináveis a poucos anos.
Algoritmos de compressão como o H.265+ permitem ganho de até 80% no espaço em disco, permitindo maior armazenamento de imagens em altíssima resolução.
isto permitiu que até mesmo empresas de pequeno porte e com orçamento para câmeras de segurança limitado, consigam ter acesso a funcionalidades que vão muito além de apenas gravar as imagens em um disco rígido.

Hoje Ă© possĂ­vel dimensionar o sistema de CFTV de acordo com as necessidades especificas de sua empresa.
Se você pretende ampliar o sistema futuramente, é possível iniciar com um projeto escalonável que permite ampliação da capacidade sem que seja necessário substituição de todo o sistema.

Qualquer câmera serve?

A resposta evidentemente é não. Todo sistema de registro de imagens vai respeitar as regras básicas da fotografia. Desta forma para cada ambiente e para cada atividade a ser monitorada o ideal é realizar um levantamento técnico que definirá as melhores combinações de configuração para cada câmera a ser instalada.
Da mesma forma que um fotógrafo profissional carrega consigo várias lentes e tem em sua câmera várias configurações de abertura de diafragma, tempo de exposição e sensibilidade do filme, todos estes parâmetros possuem seus equivalentes em um projeto de câmeras de segurança.

Por exemplo uma câmera posicionada para registrar imagens de uma atividade realizada em movimento ou para registrar detalhes de veículos que passam por um determinado local precisa ter uma velocidade de shutter (equivalente á velocidade do obturador) adequada ao registro de detalhes em movimento para que as imagens resultantes não fiquem borradas.
Um efeito colateral desse tipo de configuração é uma menor capacidade de registro de imagens em ambientes escuros ou noturnos, o que leva a outro ponto de projeto que é a ampliação da capacidade de visão noturna e da sensibilidade do sensor de imagem.

Um projeto de CFTV eficientemente elaborado evita gastos desnecessários com equipamentos suplementares para corrigir pontos e situações não atendidas por um sistema básico com câmeras de configuração genérica.

Além das configurações fotográficas, um sistema de CFTV também pode ser muito mais útil do que se imagina a partir da escolha correta dos equipamentos de armazenamento e análise de imagens. As ferramentas e funcionalidades disponíveis em um sistema de CFTV podem ir muito além da segurança patrimonial. Uma análise inteligente de imagens pode servir, por exemplo como ferramenta de marketing, indicando fluxo de clientes dentro da loja, registrando mapas de calor que indicam em qual setor e na frente de qual produto as pessoas pararam por mais tempo.